No Brasiliense, veterano Athirson tenta recomeçar a carreira

Aos 31 anos o lateral-esquerdo Athirson tem um novo desafio na carreira. Depois de boas passagens grandes clubes Brasileiros como o Santos (1998 ) e Cruzeiro (2005) e de ser ídolo no Flamengo, onde foi revelado, o jogador busca recomeçar a sua trajetória no futebol no Brasiliense disputando a Série B do Brasileiro. No Distrito Federal ele tem a companhia de amigos do tempo em que atuava na Gávea: os veteranos Iranildo e Júnior Baiano também fazem parte do elenco do clube.

Segue alguns trechos da entrevista dada ao Globo Esporte…

Como você foi contratado pelo clube? No final do ano passado fui procurado por alguns clubes brasileiros como Barueri, Ponte Preta, Portuguesa e um contato do Atlético-MG. Também recebi uma proposta de um time alemão, mas chegando lá não era o que eles tinham me prometido. Quando voltei o mercado já estava fechado, todos os clubes brasileiros já tinham contratados jogadores. Eu gosto de jogar, não queria ficar parado até junho esperando o mercado abrir. O Luís Estevão(presidente e proprietário do Brasiliense) abriu as portas para mim e eu resolvi atuar aqui.

Em 2007, você jogou pelo Botafogo entre agosto e outubro. Por que essa passagem foi tão rápida?
Na verdade eu vim para o Brasil porque minha filha ficou doente. Eu tinha mais um ano de contrato na Alemanha, mas abri mão. Vim para cá e fui prejudicado no Botafogo. O Cuca não me queria no clube e não me deu oportunidade de jogar. Se eu soubesse disso não teria ido, para não passar o que eu passei lá.

Você sabe o motivo do Cuca não gostar de você no Botafogo?
Não sei o motivo. O treinador tem o direito de escolher o jogador com quem ele vai trabalhar, mas não pode deixar contratar o jogador e depois prejudicar o atleta. Não concordei com o que o Cuca fez comigo no Botafogo. Depois a diretoria quis reduzir meu salário e que ficasse só treinando, sem poder ser relacionado. Queria ajudar, mas se eles achavam que não podia colaborar era melhor eu sair. Eu não queria o dinheiro do Botafogo, já conquistei minha independência financeira. Não aceitava isso.

Aida questionado se gostaria de voltar a jogar por um time grande e, em específico, o Flamengo, ele respondeu: “Foi na Gávea que eu me projetei, tenho o maior carinho e respeito pelo clube. Sou rubro-negro. Tudo que eu conquistei na vida eu devo ao clube. Se tiver que voltar para um time grande a preferência é o Flamengo. Um dia pretendo terminar minha carreira lá. Gostaria de uma dia poder voltar.”

Por mim eu assino em baixo!!
Hehe! 🙂

Fonte: globoesporte.com

Anúncios

2 Respostas to “No Brasiliense, veterano Athirson tenta recomeçar a carreira”

  1. Athirson vc e lindo. Eu só´começei torce pelo flamengo por vc eu te amo.

  2. Núbia Renata Says:

    Eu sou fã de Athirson. Espero que ele se dê bem no Brasiliense…abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: